sexta-feira, 20 de maio de 2016

O Caio Amélia do Sr. Damião.

A Caio Lançou o Amélia para Substituir o Gabriela.

Fonte : Portal Ônibus Paraibanos
Fotos : Acervo Paraíba Bus Team


Em 1980, a Caio lança um novo modelo para substituir o Gabriela, carrocerias que foi um sucesso de vendas para Caio nos anos 70. Era o Caio Amélia, modelo que fez parte de quase todas as empresas de ônibus urbanos paraibanas da época.
Muito deles ainda rodam em nosso estado e um deles está em Sapé. É o Caio Amélia do sr. Damião, dono da pequena empresa de turismo e fretamento Martins que possui três ônibus agregados nas prefeituras de Sobrado e Lucena.
Pintura Atual

O Amélia em questão é o carro preferido do sr. Damião, tanto que ele é o seu motorista efetivo. O carro está sempre passando por reformas para que sempre esteja mantendo a qualidade dos seus serviços no transporte escolar na cidade de Sobrado.
Além do seu contrato com a prefeitura de Sobrado, vira e mexe nos finais de semana faz viagens pelo interior da Paraíba e até mesmo em Pernambuco e Rio Grande do Norte levando romeiros, times de futebol amador, entre outros grupos.

O 082 da Martins já é um senhor de 34 anos com chassi Mercedes-Benz OF-1313 e tem a sua origem em uma tradicional empresa paraibana, a Roger, que no passado operou linhas intermunicipais entre João Pessoa e Cabedelo. O sr. Damião não sabe qual era a numeração dele na Roger, mas temos em nosso acervo algumas fotos que mostram quem poderia ter sido na Roger o Caio Amélia dele.

O xodó do sr. Damião será preservado por ele, já que, por sua idade avançada, dificilmente conseguirá ser vendido, e  a intenção dele é não deixar que ele seja “cortado” num ferro-velho o seu “companheiro” de tantas viagens.
Sr. Damião no Interior do seu xodó

Ah, só pra lembrar, o Caio Amélia foi fabricado de 1980 até 1991, sendo as últimas unidades, exportadas para o Uruguai. Sim, foi 1991 mesmo.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

A Nova Cara da Rápido Marajó.

A Rápido Marajó de Cara Nova.

Fonte : Portal Ônibus Paraibanos
Texto : Josivandro Avelar
Fotos : Divulgação



A Rápido Marajó deu início a caracterização de seus ônibus com um novo visual. Diferente da Viação Araguarina, que teve revogada a resolução para assumir linhas da Transbrasiliana, a Rápido Marajó teve sua resolução mantida e deve operar linhas que foram da TTT.
A Rápido Marajó, inclusive, é mais próxima da Transbrasiliana, já tendo cedido veículos para a mesma. Agora, seus ônibus passam a ter um visual moderno e arrojado, mantendo as cores da identidade anterior da empresa.

O primeiro veículo a receber a nova caracterização é o 90909, Marcopolo Paradiso G7 1200, encarroçado sob o chassi K380 da Scania. O veículo já pertencia a Rápido Marajó.

Iveco Bus de Olho no mercado internacional.

Exportações são Alternativas para Expansão: Ônibus de 15 e 17 Toneladas estão entre os produtos.

Por Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes



isto como uma oportunidade para reduzir os números negativos ou mesmo para crescimento em época de crise fiscal, crise econômica e crise política no Brasil, o mercado externo ganha ainda mais atenção por parte do setor de veículos pesados, que tem registrado uma queda global desde 2014.

A desvalorização do real frente ao dólar e a realidade econômica de diversos países, que diferentemente do Brasil, estão crescendo e investindo podem facilitar os planos para as exportações.

A Iveco Bus, fabricante de ônibus da Iveco no Brasil, anunciou que vai investir na participação no mercado externo, principalmente para a América Latina, e divulgação de modelos recentemente lançados pela marca, como chassi 170S28, de motor dianteiro indicado para ônibus de fretamento e transportes urbanos e metropolitanos, e do 150S21, mais recente lançamento da Iveco , que pode ser utilizado com a configuração de carrocerias “micrões” no serviços urbanos ônibus, para ônibus de fretamento de menor porte e transporte escolar. No início deste ano, a marca lançou o GranClass 150S21, em parceria com a Mascarello, para transporte escolar em áreas de difícil acesso, atendendo às especificações do Programa Caminho da Escola.

No ano passado, a Iveco foi a única montadora de ônibus que registrou crescimento, chegando a 62,4% de expansão nas vendas. Mas entre janeiro e março deste ano, seguindo a tendência de outras marcas, de acordo com a Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, a queda é de 70,1% no mercado interno em comparação com o primeiro trimestre de 2015, somando 115 ônibus licenciados.

As vendas para o mercado externo se intensificaram em 2015.

De acordo com a montadora, países como a Colômbia, Costa Rica e Paraguai, já receberam veículos da marca. No ano passado, a Iveco vendeu 443 unidades para o mercado externo. O número é mais que o dobro das 134 unidades comercializadas no ano de 2014.

Segundo o diretor de negócios de ônibus da Iveco para América Latina, Humberto Spinetti, a empresa desenvolveu produtos que são adequados para a realidade também dos países vizinhos.

“Enxergamos um potencial muito grande para nossos produtos no mercado latino americano … Nosso portfólio conta com veículos altamente competitivos e prontos para brigar de igual para igual com nossos concorrentes no exterior. Estamos fazendo a lição de casa aprimorando nossos produtos e fortalecendo a rede de concessionárias”

Além do chassi 170S28 para ônibus de 17 toneladas, do 150S21 para 15 toneladas, fazem parte da linha da Iveco, o chassi para micro-ônibus de até 29 passageiros 70C17 e a van Daily Minibus, disponível nas versões para Fretamento e Turismo, nas configurações 15+1 passageiros (45S17), com rodado simples na traseira, e 18+1 passageiros (50C17), com rodado duplo.


 Informações : Blog Ponto de Ônibus
Fonte  :  busaodenatal.com
Foto  :  Bruno Freitas


O Primeiro Volkswagen da Montenegro.

Na Oportunidade, a Empresa Também Experimentou o Modelo Svelto da Comil.


Em 1996, a Montenegro, saudosa empresa fundada pelo Sr. Edival Leite, adquiriu, pela primeira vez em sua história, um ônibus equipado com chassi da marca Volkswagen.


Na oportunidade, a empresa também experimentou o modelo Svelto, da montadora gaúcha Comil, e recebeu em 1996 o carro de prefixo 11109, que foi posteriormente renumerado para 11609.


O Svelto era montado sobre o chassi 16-180 CO, e possuía o ronco bastante semelhante aos 15 Ford B-1618 que a empresa já possuía, com motor MWM e câmbio de seis marchas, contando com a primeira de força (L).




A linha 379-Conj. Esperança/Parangaba foi uma das rotas que o carro ficou efetivo por alguns anos. O veículo foi desativado em 2011, quando a Montenegro adquiriu um Caio Apache S21 da empresa Santa Maria, que ganhou o prefixo 11209.


Fonte  : MOB Ceará
Fotos  :  Alex Sousa / Peterson Pedrosa

 


terça-feira, 17 de maio de 2016

As Mutações da Viação Nordeste.

As Mutações da Viação Nordeste Estão de Volta.

Fonte  : Portal Ônibus Paraibanos
Texto : Josivandro Avelar
Fotos : Bruno Dias


A Viação Nordeste ficou famosa por fazer modificações de todo tipo em seus ônibus. Quando parecia que ela parou, ela surpreende e apresenta a reforma de um de seus DDs, que agora recebeu o prefixo 3757.
O veículo era o 2040 e chegou na empresa como 1010, ou seja, é a terceira numeração do veículo na Nordeste. O veículo é um Paradiso GV 1800 DD, da Marcopolo, encarroçado sob o chassi K113TL da Scania. Com frente e traseira dos modelos G6 da Marcopolo, o veículo é oriundo da Auto Viação 1001, onde era o 9838.
Na nova reforma, o veículo manteve sua frente de G6 e recebeu detalhes cinza na pintura, mas o detalhe que chama a atenção está na traseira; o veículo recebeu novas lanternas traseiras, só que não são de G7, e sim de Millennium BRT, da CAIO.

Já reformado, o veículo deve retornar às linhas da empresa, em especial as interestaduais, como as que saem de João Pessoa para Natal e Fortaleza.

Empresas de Maceió Reformam ônibus com Nova Identidade Visual.

Maceió Ganha Ônibus com a Nova Identidade Visual , Reformados e Pintados com as Novas Cores do SIMM de Maceió.


Os ônibus urbanos coletivos com a nova identidade visual nas cores verde e amarelo começaram a circular em Maceió. As cores correspondem aos lotes (regiões) de atuação das viações Veleiro e Cidade de Maceió, respectivamente.
De acordo com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito, o novo layout dos ônibus de Maceió tem como propósito a criação da identificação pelo lote de atuação de cada uma das quatro empresas vencedoras da Licitação do Transporte Público Coletivo. Assim, se determinada empresa não estiver de acordo com o que reza o edital de licitação ela poderá ser substituída e a empresa que ocupar o lugar assumirá a identidade visual do lote, mantendo a essência do sistema.

As cores escolhidas para representar cada lote do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM) representam as cores da bandeira do município contidas no brasão. Para o lote 100, a cor amarela; lote 200 a cor azul; lote 300 cor verde e lote 400 a cor vermelha.

“Os ônibus que já estão circulando nas cores verde e amarela são veículos que já estavam no sistema e receberam a nova identidade visual, conforme previsão em edital. Eles fazem parte da frota que está dentro da idade média de uso que é de cinco anos e, além de receberem a nova pintura, passaram por uma revisão mecânica e pintura interna”, explica o superintendente da SMTT, Dário César Barbosa.
Empresa São Francisco
Real Alagoas de Viação
Auto Viação Veleiro



Viação Cidade de Maceió

Ainda este ano, ônibus 0 km com identidade visual nas cores verde e amarelo chegarão a Maceió para compor o sistema de transporte público. 59 novos ônibus foram adquiridos pelas viações Real Alagoas e São Francisco e circulam desde março também com a nova identidade visual.


Todos os novos ônibus possuem duas vagas para cadeirantes e elevadores, o que faz de Maceió uma das únicas cidades do país a inserir a política de acessibilidade nos ônibus coletivos com duas vagas destinadas para pessoas com dificuldade de locomoção.
Fonte  :  Nicollas Albuquerque/ Ascom SMTT
Fotos  :  Ascom SMTT / Nicollas Albuquerque
Sérgio josé - Ônibus Alagoas

segunda-feira, 16 de maio de 2016

As Novidades da Capital do Agreste.

Após os Apaches Vip IV, Capital do Agreste Renova com Marcopolo New Torino 2014, mas continua com o chassi Iveco 170S28.

Fonte : Portal Ônibus Paraibanos
Fotos :
Bruno Henrique


Após adquirir 5 Apache Vip IV com chassis Iveco, a Capital do Agreste, de Caruaru-PE, continua renovando a sua frota e recebeu mais dois novos ônibus. Diferente dos primeiros, os novos veículos adquiridos são do modelo Marcopolo New Torino.

Assim como os Apache Vip IV e os Torinos, as duas novidades são encarroçadas com o chassi Iveco 170S28. Possuem 3 portas, sendo a do meio equipada com elevador para cadeirantes. A renovação faz parte da modernização do sistema de transportes de Caruaru.

A empresa ainda adiantou que dos nove veículos com carroceria Neobus Mega Plus e chassi VW/MAN 17.230 OD, apenas três chegarão e os seis restantes terão carroceria e chassis definidos em breve.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

A Nova Frota da Transportes Guanabara.

Guanabara Coloca Sua Nova Frota em Operação.

Por Josenilson Rodrigues - Busão de Natal



Desde 29/02/2016 a nova frota de ônibus da Transportes Guanabara entrou em operação. Ao todo são 15 ônibus novos que substituiram veículos mais antigos.



Os veículos são equiparados com a tecnologia BlueTec 5, onde os mesmos operam com um diesel mais limpo (S10) fazendo uso com um aditivo chamado Arla 32 o que permite otimizar a combustão no motor e tratar os gases nocivos ao meio ambiente antes de serem emitidos.


Outro aspecto que chama atenção é a inovação do computador de bordo, com tela de toque, trazendo mais facilidade e agilidade na prestação do serviço.

Fonte  :  busaodenatal.com
Fotos  :  Josenilson Rodrigues


Usuários Aprovam novas Linhas em João Pessoa.

Usuários Aprovam Novas Linhas de Ônibus Na Zona Sul de João Pessoa.

Entrou em operação no domingo (01), duas novas linhas, que são responsáveis pela ligação do bairro do Valentina ao Mangabeira Shopping. As linhas de prefixo 9901 e 9902 são operadas pela Santa Maria (consórcio Navegantes) e Transnacional (consórcio Unitrans), respectivamente. 


A população dos bairros contemplados comemorou a operação das linhas e agradeceu por terem atendido um pedido feito a bastante tempo. Agora ficou muito mais fácil ir e vir do shopping e até mesmo no bairro de Mangabeira. As linhas atendem, duas das três principais do bairro. É notório uma certa timidez no número de passageiros deslocados, visto que se trata de algo novo e que está em sua primeira semana. 


As empresas se comprometeram a divulgar e esclarecer as duvidas de todos os passageiros. “Nossos operadores estão orientados e capacitados a fim de ajudar o usuário sobre o itinerário e os principais pontos atendidos”, destacaram Antônio Barreto e Rogério Vieira, chefes de tráfego das empresas.


Fonte : Ônibus da Paraíba
Fotos  :  Lucas Rodrigues / Thalison Santos