segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

SABE QUANTOS MICROS RODAM EM JOÃO PESSOA ?

SABE QUANTOS MICROS RODAM EM JOÃO PESSOA ?  SÓ UM .

Fonte : Portal Ônibus Paraibanos
Matéria / Texto : Josivandro Avelar
Fotos : Acervo Paraíba Bus Team





Num universo de quase 450 ônibus, somente um é microônibus. Trata-se do carro 0465 da empresa Mandacaruense. Entenda porque ele se tornou o único micro do sistema de João Pessoa.

Em outras empresas, a demanda os tira das ruas
Nos anos 1970, empresas como Roger e outras tiveram microônibus operando nos primórdios do sistema Opcional. Nos anos 2000 as empresas Transnacional e Reunidas os trouxeram para o mesmo serviço, e chegaram a haver linhas inteiras operadas só por micros, casos de 5605 e 5204. Como a demanda passou a crescer, eles tiveram que sair de cena.



Foi o mesmo que aconteceu aos que rodavam na São Jorge, que diferente dos da Transnacional, operavam no sistema convencional mesmo, em linhas como 108, 110 e 115. Aliás, elas começaram a rodar sem cobrador a partir deles. Com o crescimento da demanda, os ônibus cresceram e hoje as linhas são operadas por veículos maiores.
A própria Transnacional já operou microônibus convencionais no 002 quando esta linha era operada por ela. A Marcos da Silva já chegou a ter um micro, o carro 0984, que fazia linhas integracionais.
Na Mandacaruense, de Opcional passou a ser especial
O primeiro microônibus da Mandacaruense foi o carro 04201, um Neobus Thunder Boy encarroçado sob o chassi Mercedes-Benz LO-610. Adquirido em 2002, foi o primeiro veículo da encarroçadora gaúcha a ser adquirido pela empresa. A partir desse veículo, passou a ser a maior frotista da Neobus do estado em menos de dez anos.
O veículo era equipado com ar condicionado (o equipamento ficava abaixo do piso) e televisão (coisa que os micros da TN e Reunidas não tinham, somente rádio). Inicialmente escalado na linha 602-Mandacaru/Ilha do Bispo, o serviço não durou muito na empresa. Menos de três anos depois, o serviço Opcional era desativado na Mandacaruense, mas o veículo ainda tinha serventia.
Existia uma solicitação antiga da comunidade do Porto de João Tota pedindo uma linha de ônibus que passasse dentro da área. A então STTrans analisou o caso e percebeu que a topografia da comunidade não permitia a colocação de ônibus comuns, pois as ruas eram estreitas e apertadas. A Mandacaruense viu nisso uma chance de aproveitar o micro, e atendeu a solicitação da comunidade.



A partir daí, o carro 04201 passou a integrar a linha 506-Bairro dos Estados, porém faria um itinerário maior que os veículos convencionais da mesma linha, esticando até o Porto de João Tota. Além disso, o ponto final do microônibus seria em Mandacaru, junto a 503 e 504, e não no Bairro dos Ipês, onde o 506 mantém o ponto final, embora passe nele.
Além disso, o ar foi desligado, a televisão retirada, e a linha passaria a cobrar a mesma passagem de um ônibus convencional, respeitada a meia-passagem e as gratuidades. Também entraria no Terminal de Integração do Varadouro.
A hora de substituir chegou - e foi a mais inusitada possível
O carro 04201 ficou de 2004 até 2011 na empresa, fazendo a mesma linha e quebrando outros galhos, como o bacurau do 504 ou o 604 nos domingos. Mas a empresa precisava substituir o micro, que além da idade, tinha uma pintura diferenciada por na época da compra ser direcionado para o sistema Opcional, mas que agora, não fazia sentido nenhum. Porém, ela precisava de um ônibus no mesmo padrão daquele que iria aposentar.



Depois de muito tempo, ela conseguiu encontrar o ônibus que queria, e da maneira mais inusitada possível. O novo veículo a atender a área do João Tota passaria a ser um outro Neobus, só que Thunder Way, encarroçado no chassi Volkswagen 8-150 EOD, fabricado em 2008. De quem a Mandacaruense adquiriu o veículo? Isso mesmo, de um colégio. Do Colégio Meta, situado no Bessa, que havia comprado esse carro zero para transporte de alunos. 



O veículo recebeu o padrão dos demais ônibus da empresa e recebeu a numeração 0465. Desde então, é o único micro que roda no sistema municipal, justamente por cumprir uma função específica de atender a uma comunidade onde um ônibus grande não cabe, mas que precisa do serviço de transporte.



sábado, 27 de dezembro de 2014

CAIO INDUSCAR FECHA 2014 COMO LIDER NA PRODUÇÃO DE URBANOS.

SEGUNDO DADOS DA FABUS, O MERCADO INTERNO FOI O MAIOR RESPONSÁVEL PELA DEMANDA DE 2014.


A Caio Induscar fecha 2014 como líder na produção de urbanos, mesmo num mercado que segundo dados da FABUS, registrou a produção de carrocerias de ônibus cerca de 15% menor em relação a 2013, os dois semestres com números similares.

Os principais motivos da queda de produção são a estagnação da economia; indefinições no mercado até as eleições; defasagem tarifária em várias cidades do país; depredações de ônibus que desestimularam os investimentos dos empresários; demora na definição das taxas Finame.



O mercado interno foi o maior responsável pela demanda de 2014, com 87% da produção, até novembro, proporcionalmente. Quanto à produção de carrocerias para 2015, espera-se que o mercado apresente os mesmos patamares numéricos de 2014.


A tendência para 2015, é o aumento de articulados, e a aplicação de novas tecnologias embarcadas.


A empresa investe continuamente no desenvolvimento de produtos e processos e em 2014, reestilizou o Apache VIP, o ônibus urbano mais vendido do país. O novo modelo foi muito bem aceito pelo mercado, o que é demonstrado pela quantidade de carrocerias comercializadas, aproximadamente 2.000 unidades em 3 meses de lançamento.

A expectativa da Caio Induscar é manter o Apache Vip como o urbano mais vendido, intensificar as vendas dos modelos BRT e aumentar a participação no segmento de Fretamento, com a carroceria Solar.

Ainda neste ano, a fabricante de carrocerias paulista fez investimentos de R$ 30 milhões na nova fábrica em Barra Bonita, com previsão de funcionamento no primeiro trimestre de 2015.



Para a Caio Induscar, é fundamental produzir carrocerias que aliem beleza, conforto, segurança, força e modernidade, atendendo ao mercado e às necessidades dos clientes. Contribuir para a constante melhora do transporte público, é parte da nossa missão.

FONTE  :  Caio Induscar / busaodenatal.com
FOTOS  :  Josenilson Rodrigues - busaodenatal.com
                Diego Félix - blog BSG
                Allan Pereira - busaodenatal.com



terça-feira, 23 de dezembro de 2014

OS APACHE S21 DA SÃO JORGE.

E PRA QUEM PENSOU QUE NUNCA IRIA VER UM APACHE S21 NAS CORES DA SÃO JORGE......

Fonte : Portal Ônibus Paraibanos
Fotos : Márcio Eduardo


Já trouxemos com exclusividade as primeiras imagens dos veículos semi-novos adquiridos para o serviço de fretamento da empresa. Ainda não ostentavam a pintura da São Jorge, mas rapidamente já foram pintados, até porque o layout da empresa é simples de ser aplicado, e já foram numerados.





Os veículos, inicialmente cinco Caio Apache S21 SC com chassi Mercedes-Benz OF-1722M/59 adquiridos junto as baianas Coletivos São Cristovão e Modelo, que pertencem ao mesmo grupo empresarial, são os primeiros desse modelo, algo inédito e impensável na frota da empresa já que deixou de ser fabricado em 2008 pela encarroçadora paulista Caio. Esses adquiridos pela São Jorge foram fabricados em 2007.




São os primeiros cinco do total de trinta ônibus que estão sendo adquiridos para um novo contrato de fretamento da São Jorge no Piauí. A empresa ainda conta com contratos em Pernambuco e Maranhão.



Já estão prontos os carros 02289, 02290, 02291, 02292, 02293, 02295, 02296, 02301, 02303, 02309, 02310 e 02318. Em breve mais novidades na frota da São Jorge.


segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

O PRIMEIRO G7 DA VIAÇÃO NORDESTE.

DANDO CONTINUIDADE A MELHORIA DE QUALIDADE DE SEUS SERVIÇOS, A VIAÇÃO NORDESTE TROUXE UMA SURPRESA PARA SEUS CLIENTES.

Fonte : Portal Ônibus Paraibanos
Matéria / Texto : JC Barboza 
Fotos : Iury Mello



Essa surpresa é o novo 1460 da empresa, um Marcopolo Viaggio G7 1050 com motorização Mercedes-Benz OF-1724 Bluetec 5 fabricado em 2013. O 1460 passa a ser o ônibus mais novo da empresa potiguar e além disso é o único veículo da família G7 e também o único com motorização dianteira e com a nova tecnologia Euro V da Nordeste.


O novo ônibus da Nordeste possui 42 poltronas reclináveis, banheiro, frigobar, bebedouro, tv, dvd e som a bordo, vidros colados, além de ar condicionado da marca Spheros.


O 1460 foi adquirido junto a Juca Tur, assim como alguns dos últimos ônibus que a Nordeste comprou. Na Juca Tur ele rodou por pouco tempo, já que foi logo agregado a Auto Viação Jardinense. Nessas duas empresas ele possuiu a mesma numeração, 1425.




O novo 1460 da Nordeste foi flagrado na rodoviária de Natal na linha Natal X Mossoró.


domingo, 21 de dezembro de 2014

NATAL / RN : MUDANÇAS NA LINHA 63A.

STTU ANUNCIA MUDANÇA DE ITINERÁRIO NA LINHA 63A, PARA ESTA SEGUNDA FEIRA.


Foi anunciado no site da STTU que a linha 63A - Felipe Camarão/Mirassol mudará de itinerário nesta segunda-feira (22) para atender melhor o bairro de Felipe Camarão.

No sentido bairro/Mirassol, a partir do terminal na Rua Maristela Alves, a linha acessará a Rua Rainha do Mar, Rua Itamar Maciel, Rua Mira Mangue, Rua Miraí, Rua Rainha do Mar, Rua Itamar Maciel, Rua Indomar, Rua Maristela Alves e seguirá para Mirassol.

Já no sentido Mirassol/bairro, a seguirá da Rua Maristela Alves para Rua Indomar, Rua Itamar Maciel, Rua Rainha do Mar, Rua Miraí, Rua Mira Mangue, Rua Itamar Maciel, Rua Mirassol e chega ao terminal na Rua Maristela Alves.

Para mais informações os usuários podem ligar para o Alô STTU, no 156, ou pelo twitter oficial, o @156Natal.

Fonte : Prefeitura Municipal do Natal / busaodenatal.com
FOTO : Josenilson Rodrigues / busaodenatal.com


TURISMO CIVA RENOVA SUA FROTA.

TURISMO CIVA RENOVA SUA FROTA COM MARCOPOLO PARADISO 1800 DOUBLE DECKER.

A Marcopolo entregou 10 ônibus rodoviários Paradiso 1800 Double Decker (dois andares) para o Grupo Civa, um dos principais operadores de transporte de passageiros do Peru. Os novos veículos serão utilizados em rotas nacionais daquele país.



Segundo Paulo Corso, diretor de operações comerciais da Marcopolo, para atrair mais passageiros e elevar o já alto padrão de sofisticação e conforto do transporte rodoviário, as empresas operadoras têm adquirido ônibus com grandes diferenciais. O objetivo é oferecer conforto e comodidade comparáveis às da primeira classe de voos internacionais e proporcionar uma viagem ainda mais agradável e produtiva. Os ônibus possuem poltronas extremamente confortáveis tipo leito, que reclinam 150 graus, são confeccionadas com espuma viscoelástica que se molda ao corpo do passageiro, explica. 

Com chassi Scania K 410 6x2*4, os modelos Marcopolo Paradiso 1800 Double Decker destinados à Civa têm capacidade para transportar 43 passageiros. O modelo possui serviço de bordo, com bar equipado com aquecedores de alimentos e de líquidos, geladeira, além do lugar exclusivo para a comissária de bordo.

O Paradiso 1800 DD é equipado com dois sanitários, sendo um em cada piso, proporcionando mais conforto e comodidade aos passageiros. Conta com sistemas de som e de vídeo, ar-condicionado, calefação, três monitores de 15 polegadas no piso superior e outros dois de 23, sendo um no piso superior e outro no piso inferior, para melhor qualidade na reprodução de DVDs. 

Outro diferencial do veículo é a tecnologia do terceiro eixo direcional, que tem como benefícios reduzir o custo operacional, com a economia de pneus e a facilidade das manobras em curvas e esquinas nas cidades. Isso permite menor raio de giro na operação.

Para 2014, a Marcopolo tem a expectativa de atingir a receita líquida consolidada de R$ 3,8 bilhões (R$ 4,4 bilhões no padrão contábil anterior); e, produzir 20.850 ônibus nas unidades do Brasil e do exterior (33.000 unidades no padrão contábil anterior).


FONTE  :  busaodenatal.com
FOTO   :  Diego Vieira


O PRIMEIRO VISSTA BUSS DO CEARÁ.

A PRIMEIRA GERAÇÃO DO VISSTA BUSS FOI PRODUZIDA ATÉ 2001 , ANO EM QUE A BUSSCAR GANHOU UM DESENHO TOTALMENTE NOVO.

Por Fortalbus

Lançado em 1998 pela carroçadora Busscar, o Vissta Buss foi o primeiro modelo de 3,60m de altura a oferecer visão panorâmica aos passageiros através do para-brisa sem a barra horizontal, característica da linha Jum Buss. Naquele ano, durante a Expobus 98, a Busscar também apresentou novidades como o Panorâmico DD, seu primeiro modelo de dois pisos e a nova geração do Urbanus.
   
A primeira geração do Vissta Buss foi produzida até 2001, ano em que a família de rodoviários Busscar ganhou um desenho totalmente novo. Durante este período, a Viação Itapemirim, uma das maiores empresas de transporte rodoviário de passageiros do país, renovou consideravelmente sua frota com o Vissta Buss em algumas plataformas de chassis.



Apenas uma unidade da primeira geração do modelo chegou ao Ceará. Adquirido no ano 2000 pela Rápido Crateús, o Vissta Buss fora encarroçado sobre o chassi Volvo B12B. Com o longo entre-eixo típico daquele modelo de chassi, o carro de prefixo X, ou simplesmente 10, dava a impressão de ter mais que seus 14 metros de comprimento.

Numa configuração que não deixava a desejar em viagens intermunicipais ou excursões, era um dos Master Busda frota, denominação usada pela Rápido Crateús para os veículos executivos. Foram poucos anos rodando na tradicional empresa, pois logo foi transferido para a Transcrateús quando na sua criação em 2004.



Na nova empresa que passou a atuar no transporte intermunicipal, recebeu o prefixo 006, sendo o ônibus propaganda da Transcrateús, ilustrando inclusive o seu site oficial na rede. Por lá, permaneceu até o ano de 2008, quando foi vendido para a Rápido Limoeiro. Mas antes de deixar a Transcrateús, também teve seu prefixo alterado para 005.



Mantendo a base da pintura da Transcrateús, chegou à Rápido Limoeiro com o prefixo 1319. O Vissta Buss rodou por cerca de um ano na linha Fortaleza x Limoeiro do Norte, pois em 2009, a empresa deixou de operar no transporte regular intermunicipal. Com o novo padrão de prefixos, seu número de identificação passou a ser 319.

Desde então, o primeiro Vissta Buss cearense passou a atuar no turismo e em viagens de fretamento com o prefixo 0402319. Atualmente, como S2 Turismomantém o mesmo número de identificação e pintura adaptada pela Rápido Limoeiro.



Apesar da crise já enfrentada pela carroçadora Busscar no começo da década passada, outras unidades do Vissta Buss só chegaram nas empresas cearenses em 2005, porém, já da segunda geração, disponíveis nas versões LO e HI, modelos com 3,40 e 3,60m de altura, respectivamente.

FONTE  : Fortalbus.com.br
FOTOS  : Mailson Amâncio Pereira / Nilson Ribeiro Júnior / Fortalbus.com


PARADISO GV NA REAL BUS.

Fonte: Portal Correio
Matéria / Texto: Philippe Figueiredo
Fotos: Lima Nascimento / Paulo Rafael Viana


O ano de 1995 foi o divisor de águas na empresa Real. Até então, a frota da empresa era praticamente Marcopolo, em sua maioria Viaggio G4, porém a empresa já possuía Viaggio GV. Ainda na frota tinha um filho único, que era um Comil Gallegiante Scania, que chamava muita atenção e alguns Busscar.



Naquele ano, somente a Bonfim possuía Marcopolo Paradiso na Paraíba e então, Real e Transparaíba adquiriram desse modelo onde a Real adquiriu primeiro. Não sei ao certo se foram três ou quatro, mas esses três exemplares das fotos foram os primeiros Paradisos da empresa Real e com aquele padrão novo de pintura "new time" que dividiu opiniões, e motorização Mercedes-Benz.



Em 1996 vieram mais três Paradisos, desta vez chassi Scania. Esses carros deixaram a empresa no período 2001-2004



quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

DE ATAR 1318 PARA TBS 05198.

MARCOPOLO IDEALE 770 DE ATAR LOCAÇÕES PARA A TBS - TAVEL BUS SERVICE.

Por Josenilson Rodrigues – Busão de Natal
Quem é que não se lembra dos Euro 5 da empresa Atar Locações? Pois bem, a empresa que sempre inovou o setor de fretamento têxtil em Natal se destacou por ser a primeira empresa do Grupo A. Cândido a trazer em sua frota veículos com tecnologia BlueTec 5 ou como muitos conhecem Euro 5.


foto disponível na galeria do busão de natal no onibusbrasil 

O busão 1318 da Atar Locações de modelo Marcopolo Ideale 770 Mercedes-Benz OF-1519 BlueTec 5 atualmente é o 05198 da empresa TBS lá em João Pessoa na Paraíba. O veículo que continua fazendo fretamento, foi flagrado recentemente pelo o busólogo Thiago Silva que postou em sua galeria no site ônibusbrasil.com a máquina em operação.

foto disponível na galeria de fotos de Thiago Silva no onibusbrasil.com

O ônibus foi comprado pela a Atar Locações 0Km no ano de 2013, pouco circulou nas ruas de Natal onde agora está de casa nova lá na Paraíba.

FONTE  : blog busaodenatal.com
FOTOS : Marcílio Tiago / Thiago Silva - onibusbrasil.com.br

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

REAL ALAGOAS TESTA CHASSI OF - 1519.

EM MEIO AOS FESTEJOS DE FINAL DE ANO , A REAL ALAGOAS MAIS UMA VEZ INOVA. DESTA VEZ RECEBE UM PRODUTO MERCEDES BENZ PARA TESTES EM SOLO ALAGOANO.

 Trata-se do modelo OF-1519 que é um dos mais modernos chassis da montadora alemã, equipado com um motor OM-924 LA de 4 cilindros e que rendem 185cv de potência da geração BlueTec 5, o OF-1519 traduz o que há de mais eficaz, seguro, eficiente e dentro de todas as normas ambientais vigentes em nosso país.



Encaroçado sobre o modelo Apache Vip 2 da montadora paulista Caio, o ônibus já se encontra na garagem central da empresa no bairro da Pitanguinha e pronto para dar início a seu período de testes. Vale ressaltar que o veículo já passou por testes em outras empresas no sudeste do país, o qual foi aprovado por motoristas tendo sua facilidade na operação e robustez elogiadas, são quase 10 anos do último conjunto Caio / Mercedes-Benz desativado na Real Alagoas de Viação, este que fez sucesso na década de 90.

Testes da Real Alagoas de Viação na história

Real Alagoas 461 
Testado na década de 90, o modelo Vitória (Também da fabricante Caio) foi um sucesso posteriormente a este teste. Aproximadamente 35 ônibus foram adquiridos após o período experimental, este modelo foi montado sob o chassi Mercedes-Benz OF 1313/51



Real Alagoas 291
Testado no ano de 2003 este carro fazia parte do protótipo desenvolvedor do K-94 IB da montadora sueca Scania. Aprovado, foi doado a Real Alagoas que prontamente adquiriu 5 chassi do referido teste, este integraram a 49x, posteriormente também comprando dois ônibus equipados com o chassi K-310 IB (692 e 693).


Real Alagoas 1020 / 836
Nunca foi confirmado como carro de testes mas as características da compra deste carro nunca foram totalmente esclarecidas. Pertenceu a extinta Olidense de Pernambuco e chegou na empresa com o prefixo 1020, operando linhas urbanas, posteriormente teve o Ar Condicionado retirado e foi remanejado para o setor metropolitano aonde ostentou o prefixo 836 até seu último dia na empresa.

O que realmente foi testado isso nunca foi revelado pois tudo nele era novidade: A carroceria, o chassi e o ar condicionado. Tudo indica que o Ar Condicionado foi o motivo da compra e do teste, já que posteriormente a empresa adquiriu 51 ônibus com o aparelho sendo que, destes, 33 vieram com a mesma carroceria deste modelo (Busscar Urbanuss). 


Real Alagoas 1224
Se não foi aprovado no passado, no futuro ela teve outra chance. A Volkswagen juntamente com a Neobus cedeu um modelo para testes, sendo este o último veículo testado pela empresa. Trata-se de um Neobus Mega 2006 encaroçado sob chassi Volkswagen 17-230 OD Euro V. O veículo, que veio da parceria entre a Neobus e a Mandacaru Motors (Concessionária Volkswagen em Caruaru, recentemente adquirida pelo grupo Borborema) chegou em Agosto de 2012 e abriu as portas para as marcas. Foram 65 ônibus Volkswagen adquiridos nos últimos dois anos, sendo que destes, 48 foram montados sobre a carroceria da Neobus, e as demais sobre o tradicional Marcopolo Torino 2007, além de algumas unidades para o setor intermunicipal.

Após seu período de testes, o 1224 foi remanejado para o setor metropolitano aonde se encontra até hoje ostentando o mesmo prefixo.
 


FOTOS  : Gustavo Alfredo , Rodrigo Fonseca , Thiago Alex , Willian Pontual ( Allbus ) , Sérgio Aparecido Lopes , Wanderson Soares ( Real Alagoas ).
MATÉRIA  :  Gustavo Alfredo ( Allbus )

TARIFA DE SELETIVOS DE SANTOS PASSA PARA R$ 3,90.

TARIFA DE SELETIVOS DE SANTOS PASSA A CUSTAR R$ 3,90 . LINHA CONHEÇA SANTOS TERÁ PASSAGEM DE R$ 12,00.

Desde quarta-feira, dia 10 de dezembro de 2014, a tarifa dos ônibus seletivos de Santos, no litoral paulista, passa de R$ 3,50 para R$ 3,90.
Desde 2011, o valor não é reajustado.
A Linha Conheça Santos, destinada ao turismo, passa a ter tarifa de R$ 12,00. Desde 2009, a passagem era de R$ 10,00.
De acordo com nota da prefeitura de Santos, Contribuíram para a definição da nova tarifa o aumento dos gastos com a folha de pagamento e benefícios dos funcionários da permissionária Guaiúba Transportes, além da elevação de outros insumos que compõem o custo do transporte coletivo, como combustível.
O sistema de ônibus seletivo de Santos possui atualmente 48 ônibus com ar condicionado, som ambiente e poltronas como de veículos rodoviários de curta distância. Os ônibus não transportam passageiros em pé e podem parar em qualquer local para embarque e desembarque, mesmo não sendo ponto, desde que respeitadas as leis de trânsito.
A prefeitura promete até no Natal a instalação de serviço de internet grátis, como já ocorre com os ônibus convencionais na cidade.


Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Blog pontodeonibus.wordpress.com
FOTO  :  Diogo Amorim