segunda-feira, 31 de agosto de 2015

SÃO GERALDO E A PLÁSTICA NO 10520, UM CAIO GIRO.

UM CAIO GIRO 3600 COM CARA DE MARCOPOLO PARADISO 1150 GV G6.

Fonte  : Portal Ônibus Paraibanos
Matéria / Texto : Josivandro Avelar
Fotos  : Ricardo Knupp Franco / Marcel Sales



A São Geraldo, uma das maiores empresas de transporte rodoviário de passageiros do Brasil, faz o possível para manter em constante estado de conservação e circulação sua frota de quase 700 veículos, rodando em 17 estados do país. E quando se diz o possível, entenda-se de tudo o possível. Até mesmo fazer as clássicas e gloriosas mutações, expediente famoso em empresas como a Viação Nordeste do RN.

Não é a primeira vez que a empresa mineira se vale do expediente das mutações. Ela já fez isso com alguns de seus Paradiso GV 1150.
 
Mas dessa vez a mutação foi inacreditável. Após um acidente causar avaria na parte da frente do carro 10520, ela viu que poderia recuperar o ônibus o mais rápido possível para que ele retorne às rodovias. Não seria uma missão trivial se tal carro não fosse um CAIO Giro 3600.

A São Geraldo é uma tradicional frotista Marcopolo, cujas carrocerias da gaúcha representam a maioria dos ônibus da empresa mineira. Também tem em sua frota uma grande quantidade de Jum Buss da Busscar. Mas Giros são poucos, carros de um único lote, e não seria compensador para a empresa adquirir peças só para eles. Acontece que um deles precisou de funilaria e... 



...Vai com o que tem no almoxarifado: peças de G6. E foi usando peças do famoso "kit G6" que a São Geraldo recuperou o carro 10520.

Não importa como estaria a frente, o importante é o carro voltar a rodar o mais rápido possível. E é assim que ele se encontra agora, de um Giro como outro qualquer para mais uma candidata a lenda da São Geraldo.





FAGUNDENSE E SEU MICRO ÔNIBUS.

MICRO ÔNIBUS FOI ADQUIRIDO PARA REFORÇAR A FROTA EM 2014.

Fonte : Portal Ônibus Paraibanos
Matéria / Texto :
Josivandro Avelar
Fotos : José Roberto / Ruan Silva


A Fagundense, empresa que possui a única linha que liga o município de Fagundes, onde fica a sede, ao município de Campina Grande, renova a frota, como sempre, dentro de suas possibilidades. E a três dias do fim do ano, adquire um microônibus para reforçar a frota da empresa - e da linha, por tabela.

O carro adquirido pela Fagundense é um Marcopolo Senior 2000, carroceria Mercedes-Benz LO-914, fabricado no ano de 2004. Recebeu a numeração 3507.


Antes de ser adquirido pela Fagundense, o veículo pertenceu a Viação Novo Horizonte de Campina Grande, onde possuiu a numeração 3605. Também fazia linha metropolitana, ligando Campina Grande a Serra Redonda.




OS DD`S DA PARAÍBA.

CONHEÇA ALGUNS DO DD´S PARAIBANOS E SEUS USOS MAIS COMUNS.

Fonte : Portal Ônibus Paraibanos
Matéria / Texto  : Josivandro Avelar
Fotos : Acervo Paraíba Bus Team


O segmento de turismo é um dos que mais cresce nos últimos anos, o que exige a necessidade de veículos cada vez mais adequados para a finalidade de passeios e receptivos. Assim as empresas investem cada vez mais em veículos mais confortáveis e potentes, de onde surge a necessidade dos veículos de dois andares, ou double deckers. Apesar dessa ser a aplicação mais comum desses ônibus, algumas empresas da Paraíba usam ou já usaram esse tipo de veículo em linhas regulares.



Conheça alguns exemplos de DDs paraibanos e seus usos mais comuns.

Max Turismo


A empresa pessoense foi a primeira do estado a trazer veículos do tipo Double Decker e é a que detém o maior número de veículos desse tipo. Ela adquiriu ao longo do tempo oito veículos da primeira versão do modelo Busscar Panorâmico DD, sob vários chassis - três são Mercedes-Benz O-400RSD (2000, 2001 e 2002), três são Mercedes-Benz O-500RSD (2004, 2009 e 2010), um Scania K124 (2005) e um K380 (2008). O carro 2004 foi renumerado para 2014, recebendo a frente da segunda versão do modelo.



Falando na segunda versão do Panorâmico DD, lançada em 2011, a Max Turismo possui uma unidade do mesmo. É o carro 2011, encarroçado sob o chassi Scania K380.



Os carros 2006, chassi Mercedes-Benz O-400RSD, 2012 e 2013, chassi Scania K380, possuem carroceria Marcopolo Paradiso G6 1800DD.



Até ano passado, somente veículos desse tipo compunham a frota da empresa. Alguns já foram vendidos e essa exclusividade dos DDs foi quebrada com o carro 2015, Marcopolo Paradiso G7 1600LD, encarroçado sob o chassi Volvo B420R. Ela adquiriu mais um veículo nessas mesmas configurações, cujos detalhes da aquisição serão dados amanhã neste portal.

Real Bus



Aqui temos um exemplo de empresa que aplicou DDs em linhas regulares. Ela já teve quatro Panorâmico DD encarroçados sob o chassi Scania K124. Mencionar os carros dela significa mencionar o de mais três empresas da Paraíba, já que três desses quatro já foram vendidos, cada uma a uma empresa diferente.

Alex Carioca, de Cabedelo (ex-0219):



Gado Bravo, da cidade de mesmo nome (ex-0221):



Tomaz Turismo, de Campina Grande (ex-0223):



O carro 0231 permanece na empresa.


Jonas Turismo



A empresa guarabirense com ampla atuação no turismo, fretamentos e proprietária de linhas intermunicipais, sejam dela mesma, sejam as adquiridas da Transnorte, possui dois Double Deckers. Um é o carro 2014, um Busscar Panorâmico DD encarroçado sob o chassi Scania K420. Diferente dos demais, possui quatro eixos.



Já o 2012 é um Marcopolo Paradiso G6 1800DD encarroçado sob o chassi Scania K124, com três eixos.


Tour Azul



A empresa pessoense de receptivos turísticos possui apenas um DD, o carro 1010, um Marcopolo Paradiso G6 1800DD encarroçado sob o chassi Scania K380.

WBF Turismo




A empresa de turismo do Grupo Real Bus possui um Busscar Panorâmico DD com o chassi Scania K380.

De passagem pela Paraíba


Esses são os double deckers de empresas que possuem sede na Paraíba. Porém outros veículos de outras cidades fazem visitas por aqui. A empresa Nordeste, do Rio Grande do Norte, possui veículos desse tipo titulares nas linhas que saem de João Pessoa para Natal e Fortaleza. 



A pernambucana Progresso também possui veículos do tipo double decker. Geralmente fazem linhas intermunicipais em Pernambuco, mas costumam também serem usados como extras nas linhas que passam na Paraíba. 



E isso fora os incontáveis veículos que passam por aqui a turismo.



Uma curiosidade é que até aqui, nenhuma empresa paraibana adquiriu os modelos Paradiso G7 1800DD, da Marcopolo, nem o Campione DD, da Comil, opções atualmente disponíveis no mercado.


domingo, 30 de agosto de 2015

CIDADES : SETE LAGOAS / MG

SETE LAGOAS / MG

  Trazemos mais uma postagem com fotos de ônibus que circularam ou ainda estão circulando em uma determinada cidade, depois de SÃO MATEUS e GUARAPARI no ESPIRITO SANTO , CARATINGA , PONTE NOVA LEOPOLDINA em MINAS GERAIS , trazemos hoje mais uma cidade Mineira. Trata- se da cidade de Sete Lagoas.








Fonte   :    onibusecia.fotopages.com.br
Fotos    :   Jair Barreiros


TRANSPORTE TROPICAL DE PINTURA NOVA ?

COM O FIM DAS OPERAÇÕES DA FILIAL ALAGOANA , A TROPICAL REAPROVEITOU ALGUNS CARROS.

Fonte : CFO-SE / onibusparaibanos
Fotos : Divulgação


Com a chegada da Viação Atalaia e seu padrão pernambucano de pintura, iniciou-se toda a “despadronização visual” do sistema, onde outras empresas lançaram suas próprias pinturas.

Nesse ritmo, aproveitando o fim das atividades da filial alagoana, a Tropical reaproveitou alguns carros para SIT, mudando quase nada no layout que usava no intermunicipal alagoano, trocando apenas a logo e as cores, onde em Alagoas utilizava o azul.
As novidades da Tropical foram escalas na linha 504 - 17 de Março / Term. Zona Sul, aumentando a capacidade de transporte de passageiros, visto que antes a frota da linha era composta por veículos do tipo midibus, menores que este da foto. Em contrapartida, a linha infelizmente perdeu acessibilidade para cadeirantes, já que os carros atuais não possuem elevador.



Ponto positivo: maior capacidade
Ponto negativo: falta de elevador



quinta-feira, 27 de agosto de 2015

ÔNIBUS VOLTAM A CIRCULAR EM FEIRA DE SANTANA.

APÓS 10 DIAS SEM TRANSPORTE COLETIVO , ÔNIBUS VOLTAM A CIRCULAR EM FEIRA DE SANTANA.


Fonte  : Tribuna da Bahia/ onibusparaibanos
Fotos  : Divulgação



Após 10 dias de suspensão do sistema de transporte coletivo urbano, os ônibus do transporte público voltaram a circular em Feira de Santana na manhã desta quarta-feira (26), através de contrato emergencial.

As empresas Rosa e São João, vencedoras da licitação, que aceitaram assumir o contrato emergencial por seis meses, já disponibilizaram cerca de 70 dos 170 veículos que deverão estar nas ruas até o dia 1º de setembro.



Considerando que toda a frota de ônibus vai entrar em circulação paulatinamente nos próximos dias, até que todos os veículos estejam nas ruas, não haverá integração de linhas nos terminais nestes primeiros dias. A previsão é de que os terminais abram a partir de sexta-feira (28). 


A prefeitura garante que toda a cidade terá cobertura do serviço nos próximos dias, mas inicialmente, a operação emergencial vai ser concentrada nos bairros de maior densidade populacional. Além dos ônibus circulando, os usuários poderão contar com outros modais do transporte, como 161 vans que já operam na cidade, 1.300 táxis autorizados a realizar táxi lotação, 42 vans do transporte escolar e 100 vans do transporte intermunicipal.
 

Passagem gratuita - Os veículos não são novos e não possuem bilhetagem eletrônica, sendo assim os passageiros não poderão usar smart card - apenas nos terminais de transbordo. Vale ressaltar que os estudantes terão passagem gratuita, até que o governo municipal defina a forma de cobrança da meia-passagem. Os usuários do passe livre não perderão o benefício. 


Pelo menos 36 ônibus da empresa Rosa, responsável pelo transporte da região norte de Feira de Santana saíram da garagem para atender os passageiros da Pedra Ferrada; condomínio Terra Nova; Candeal I e II; Matinha; Fazenda Tapera; Brandão e Santo Antônio; Asa Branca-Pampaloma; Asa Branca-Sítio Novo; Campo do Gado; Caraíbas; Campo Limpo-Baraúnas; Caseb; Rua Concórdia e Conceição-Parque Brasil. 
 

Veja a relação de linhas

001- TOMBA(CIS) CENTRO
002-CIDADE NOVA/ CIS VIA JOÃO DURVAL
009-POLO INDUSTRIAL/ CENTRO
015- 35 BI JOMAFA/ ADENIL FALCÃO
017- FEIRA IX
018- FEIRA X
020- FEIRA VII/OYAMA VIA JOÃO DURVAL
022- NOVA ESPERANÇA VIA FEIRA IX
023- PARQUE LAGOA SUBAÉ VIA SANTA MÔNICA
026- SUBAÉ VIA SANTA MÔNICA
027- VIVEIROS VIA RUA E
028- VIVEIROS VIA RUA L
004- PAMPALONA/ CIS
007- SIM/FTC
008- CIS/ TERMINAL CENTRAL VIA
RODOVIÁRIA
031- TRÊS RIACHOS/ VILA OLÍMPIA
051- CANDEAL
055- MATINHA
059- AEROPORTO VIA SANTO ANTÔNIO DOS PRAZERES/
BRANDÃO
061- ASA BRANCA VIA PAMPALONA
063- CAMPO DO GADO VIA CARAÍBAS
066- CONCEIÇÃO I / SANTA BARBÁRA VIA JOÃO DURVAL
067- CONCEIÇÃO I / PARQUE BRASIL VIA JOÃO DURVAL
068- CONCEIÇÃO II VIA CASEB
070- GEORGE AMÉRICO
071- GEORGE AMÉRICO VIA RODOVIÁRIA
072- JOÃO PAULO VIA MARIA QUITÉRIA
074- GABRIELA VIA HOMERO/ CONJUNTO
ALVORADA
075- JARDIM CRUZEIRO
076- LOTEAMENTO MODELO
077- AGROVILA VIA JOÃO DURVAL
078- MANGABEIRA / MARIA QUITÉRIA / JOÃO DURVAL
082- NOVO HORIZONTE
083- PEDRA FERRADA VIA BRAÇO FORTE
085- AEROPORTO VIA SANTO ANTÔNIO
086- SIM VIA CORREDOR DOS ARAÇÁS
098- MANTIBA/ SANTA RITA / ALTO DO PAPAGAIO
108- AVENIDA IGUATEMI VIA MANGABEIRA / TERMINAL CENTRAL
114- SOLAR DA PRINCESA
115- CONDOMÍNIO ASA BRANCA VIA SÍTIO NOVO
003- UEFS
087- UEFS/ MARIA QUITÉRIA
088- UEFS/ SOBRADINHO


terça-feira, 25 de agosto de 2015

FEIRA DE SANTANA SEGUE SEM ÔNIBUS.

MESMO COM A CHEGADA DA FROTA EMERGENCIAL, FEIRA DE SANTANA SEGUE SEM ÔNIBUS.

Fonte : G1 Bahia
Foto : Divulgação


O município de Feira de Santana, a cerca de 120 quilômetros de Salvador, continua sem ônibus nesta segunda-feira (24), mesmo após a chegada de veículos do contrato emergencial que irá operar o sistema. De acordo com o secretário de Transporte da cidade, 40 ônibus estão disponíveis para circulação desde o domingo (23), mas os rodoviários aguardam depósito de salários e rescisão para voltar ao trabalho. Os moradores já estão sem ônibus  há oito dias.

Parte do dinheiro devido aos trabalhadores, no valor total de R$ 375 mil, deverá ser transferido para os funcionários ainda nesta segunda-feira (24), após acordo intermediado pelo Ministério Público do Trabalho na Bahia (MPT-BA). Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários de Feira de Santana, José Souza, além do montante, ainda faltam R$ 281 mil para custear a folha de pagamento dos trabalhadores.
 
“Nós voltamos ao trabalho assim que o pagamento for feito”, diz o líder dos rodoviários. Contatado pelo G1, o representante do Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos Urbanos de Feira de Santana (Sincol) não foi localizado para comentar sobre o pagamento.
 
Já o secretário de Feira de Santana alega que a prefeitura já fez o possível para que o sistema volte a operar. “Da parte nossa, os carros já chegaram, estão na garagem e hoje está previsto de chegar muitos carros também”, garante.


Investigação

O Ministério Público Federal vai investigar as empresas Princesinha e 18 de Setembro, que suspenderam o serviço de transporte de ônibus em Feira de Santana. A suspeita é de crime de paralisação de trabalho de interesse coletivo. A suspensão do serviço de ônibus em Feira de Santana entra nesta sexta-feira (6) no sexto dia. Por conta disso, parte da população vai a pé para o trabalho porque não tem dinheiro para pegar transporte alternativo e outros pagam dobrado pelo serviço.

As empresas deixaram de operar o sistema no último domingo (16), ao alegar dificuldades financeiras. O advogado da Princesinha e 18 de Setembro disse que ainda não foi notificado do processo, mas já adiantou que problemas financeiros causados pela redução das tarifas de ônibus obrigaram as empresas a suspender o serviço.
 
Justiça

O pedido do Ministério Público Estadual (MP-BA) para que a prefeitura de Feira de Santana colocasse frota de ônibus mínima de 30% nas ruas foi acatada pela Justiça, de acordo com informações da Promotoria, divulgadas na tarde desta sexta-feira (21). Segundo o MP-BA, a prefeitura tem que adotar medidas que assegurem a continuidade dos serviços de transporte na cidade, paralisados há seis dias. A decisão é do juiz Roque Ruy Barbosa de Araújo, que definiu multa diária de R$ 50 mil em caso de descumprimento.


sábado, 22 de agosto de 2015

MARCOPOLO VENDE 80 ÔNIBUS PARA A GUANABARA.

MARCOPOLO VENDE 80 ÔNIBUS PARADISO 1200 PARA A EXPRESSO GUANABARA.

A Expresso Guanabara, empresa de transporte interestadual e intermunicipal de passageiros, com sede em Fortaleza (CE), adquiriu 80 ônibus da Marcopolo. Os veículos, do modelo Paradiso 1200, serão utilizados nas rotas da empresa nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil.


De acordo com Paulo Corso, diretor de operações comerciais da Marcopolo, a Expresso Guanabara é uma das maiores empresas de transporte rodoviário do Brasil e mantém uma política de renovação constante da sua frota formada por cerca de 400 veículos com idade média de apenas dois anos. Isso garante mais conforto, segurança e elevado padrão de tecnologia para os seus usuários”.



Os ônibus Paradiso 1200 adquiridos pela Expresso Guanabara têm 14 metros de comprimento, capacidade para transportar 46 passageiros sentados e possuem chassi Mercedes-Benz O500 RSD 2436. São equipados com poltronas semileito 1060 Super Soft com espuma viscoelástica no encosto de cabeça, sistemas de ar-condicionado, de áudio e vídeo, toalete e geladeira.

Fonte: Marcopolo
Fotos  :  Gelson Mello da Costa


sexta-feira, 21 de agosto de 2015

AL : SMTT EXPERIMENTA INTEGRAÇÃO TEMPORAL EM DUAS LINHAS.

SMTT IRÁ EXPERIMENTAR A INTEGRAÇÃO TEMPORAL ENTRE DUAS LINHAS : 
012 - JOSÉ DA SILVA PEIXOTO / CENTRO E 609 - VILA SAEM / IGUATEMI.


A partir do próximo sábado (22), a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Maceió implantará, de forma experimental, o sistema de integração temporal em duas novas linhas de ônibus da empresa Viação Real Alagoas. Essa forma de integração está prevista no edital de licitação do transporte público e foi recentemente estabelecida também nas linhas do terminal de ônibus da Rotary.


De acordo com o coordenador de Programação da SMTT, Silvio Sarmento, os passageiros que pegarem um ônibus da linha 012 (José da Silva Peixoto/Centro) e desejarem, logo em seguida, pegar um ônibus da linha 609 (Vila Saem/Iguatemi), ou vice-versa, na ida ou na volta, poderão assim proceder pagando apenas uma passagem, contanto que utilizem o cartão Bem Legal.

“O sistema de integração temporal será muito útil quando for expandido no próximo ano, conforme estabelecido pelo edital de licitação do transporte público. Com a bilhetagem eletrônica, que já funciona hoje, todos conseguirão realizar essa integração”, explica Sarmento.
A primeira via do cartão Bem Legal Cidadão pode ser adquirida gratuitamente em qualquer posto de atendimento da Transpal e é indispensável para a utilização da integração temporal.

Linhas do Terminal da Rotary
As linhas do terminal da Rotary que também experimentam a integração temporal desde o último dia 10 são:
013 (Cruz das Almas/Centro via Rotary)
024 (Sanatório/Centro via Sinimbú)
030 (Gruta/Centro/Terminal Novo Mundo via Ouro Preto)
608 (Gruta/Iguatemi)
700 (Sanatório/Ponta Verde)

Informações :Leonardo Araújo (estagiário) /Ascom SMTT



quinta-feira, 20 de agosto de 2015

OS PRIMEIROS CHASSIS 170S28 IVECO BUS.

IVECO BUS ENTREGA OS PRIMEIROS CHASSIS 170S28 NO INTERIOR DE PERNAMBUCO.

Fonte : Iveco / onibusparaibanos.com
Fotos : Divulgação


Os primeiros chassis 170S28 Iveco Bus começaram a rodar pelas ruas no interior de Pernambuco. A empresa de transporte urbano Capital do Agreste, da cidade de Caruaru, ampliou sua frota de ônibus com a aquisição de oito unidades do modelo. Parte do desenvolvimento dos veículos, que foram entregues no fim do mês de abril, contou com a parceria da concessionária Navesa Iveco e a Caio Apache Carrocerias.

Segundo Luiz Biase, APM  da marca na região, comenta a importância da parceria e como a companhia avaliou o custo/benefício e o bom desempenho dos equipamentos. “Este cliente testou e comprovou a excelente relação custo-benefício de nosso produto e já dedicou 20% da sua frota para a Iveco Bus” relata.
 
Com o chassi 170S28, a Iveco Bus, divisão de ônibus da CNH Industrial, oferece ao mercado uma excelente opção para o transporte de passageiros, reunindo atributos como resistência, baixo custo de manutenção e alta tecnologia. Projetado e fabricado no Complexo Industrial da Iveco, em Sete Lagoas (MG), o modelo de 17 toneladas chega em duas configurações, urbano e fretamento, atendendo demandas para transporte urbano e intermunicipal.
 
A Capital do Agreste conta atualmente com uma frota de 39 veículos e é uma das responsáveis do sistema de transporte da cidade, que possui aproximadamente 350 mil habitantes e está localizada a 130 km da capital Recife.


Chassi 170S28
 
O chassi 170S28U apresenta evoluções tecnológicas para oferecer ao cliente a garantia de um produto robusto. Com um reforço estrutural, o projeto foi pensado para dar resistência extra ao veículo nas aplicações urbanas e de fretamento, facilitando a manutenção e diminuindo, por exemplo, o tempo de treinamento dos funcionários que farão a revisão dos ônibus.
 
A força do modelo da Iveco Bus deve-se ao motor N67, da FPT Industrial, com seis cilindros em linha. O propulsor de 6,7 litros, com sistema SCR, atende as normas do Proconve-P7 e é capaz de gerar potência máxima de 280 cv, a maior do segmento. O torque chega a 950 Nm, já disponíveis na faixa de 1.250 a 1.950 rpm. A curva plana de torque e a grande disponibilidade de força em baixas rotações garante, de uma só vez, mais economia de combustível e mais conforto para o motorista, evitando constantes trocas de marchas.


Desenvolver um veículo de transporte de passageiros envolve tecnologia avançada para garantir conforto e bem-estar a bordo. O chassi 170S28 foi projetado também com esse foco. A transmissão utilizada é ZF, manual, de seis marchas, com escalonamento compatível com as operações urbanas e rodoviárias. O sistema permite uma condução mais suave e melhor desempenho operacional, sem deixar de lado a economia de combustível.




FALTA DE ÔNIBUS EM FEIRA DE SANTANA PREJUDICA ALUNOS.

A UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA ( UEFS ) SUSPENDEU AS AULAS EM TODOS OS TURNOS.

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) suspendeu as aulas em todos os turnos por conta da falta de ônibus em circulação na cidade. A população de Feira está sem o transporte desde domingo (16) por conta da interrupção do serviço pelas empresas do sistema, que alegavam estar sem condições de operação.


A medida foi anunciada pela Uefs na terça-feira (18) após a prefeitura municipal divulgar um contrato emergencial com empresas de ônibus que deve regularizar o sistema a partir da próxima quarta-feira (26). As empresa que operavam os ônibus, a Princesinha e a 18 de Setembro, dizem estar sem condições financeiras para continuar a operação.

De acordo com informações do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Feira de Santana (SINCOL), as companhias entraram em recuperação judicial por falência após ter dificuldades desde que a tarifa foi reduzida em R$ 0,15, em 2013. Por conta disso, as empresas não chegaram a participar do processo licitatório que escolheu duas novas operadoras do sistema na semana passada.

De acordo com a direção da Uefs, a suspensão das aulas será avaliada conforme os desmembramentos da situação de falta de ônibus. O retorno às aulas será comunicado através da internet, no portal da universidade, e dos órgãos de comunicação.

Contrato emergencial

As empresas de ônibus "Auto Ônibus São João Ltda" e a "Ônibus Rosa Ltda", que venceram a licitação do sistema de transporte urbano de Feira de Santana, vão operar na cidade nos próximos seis meses. A informação é da prefeitura, que por meio de nota, ainda disse que um contrato emergencial foi assinado nesta terça-feira (18) entre essas empresas e a prefeitura. A previsão é de que a partir da quarta-feira (26), os ônibus já estejam em circulação.

Os veículos foram conseguidos com empresas do Rio de Janeiro e de São Paulo e devem demorar alguns dias para chegar ao município. Até lá, a população poderá usar vans, táxis, veículos regularizados que fazem o transporte de passageiros dos municípios próximos e mototaxistas autorizados.

Informações : G1 BA
Fonte  e Foto  :  meutransporte.blogspot.com